Navegação


Centro de Acolhimento Temporário "O Aconchego"

Centrop de Acolhemento Temporario "O Aconchego"Surgiu na sequência das preocupações e necessidades sentidas pelos fundadores da AHMA, que de uma maneira pontual e ligada ao trabalho ao nível da problemática da negligência e maus tratos infantis no concelho de Albergaria-a-Velha e áreas limítrofes fosse feita de uma maneira mais continuada e consistente, com a remodelação de uma habitação degradada propriedade do Município de Albergaria-a-Velha, situada numa das principais artérias da então vila de Albergaria-a-Velha.

 

No decurso da referida remodelação teve a parceria e apoio de diversas empresas sediadas no concelho de Aveiro, Águeda e Albergaria-a-Velha, com a oferta de diversos materiais, bem como de profissionais ligados à construção civil que juntamente com os membros fundadores conseguiram tornar a habitação com condições de habitabilidade.

 

Para equipar a moradia, tivemos o apoio da comunidade portuguesa de Bruxelas, com a oferta de um valor monetário resultante das atividades realizadas no Dia de Portugal.

 

Com a homologação do Acordo Atípico em 06 de Novembro de 2000, inicia as suas atividades no decurso do referido mês com capacidade para 10 crianças de idade compreendida entre os 0 e os 10 anos, em situação de abandono familiar/social, de abuso, de negligência, de toxicovitimação, de maus tratos, de exploração sexual ou outra, de infeção/portadoras de HIV/Seropositividade e Hepatite B ou vítimas de emergências várias, decorrentes de distúrbios familiares/sociais momentâneos.

 

Ainda no decurso do referido mês, é celebrado com o Centro Regional da Segurança Social do Centro – Serviço Sub-regional de Aveiro, um Protocolo de Acordo relativamente ao acolhimento de 2 crianças com idades até 12 anos em situação de Emergência Infantil, sinalizadas pelos serviços de Segurança Social ou pelas forças policiais ou de segurança do concelho de Aveiro. O Protocolo visa apenas responder a situações de emergência social que reportam ao acolhimento pelo tempo mínimo necessário à definição de uma situação de vida mais estável para as crianças.

 

Pelo trabalho inovador e meritório no Centro de Acolhimento Temporário, foi concedida à Associação Humanitária Mão Amiga, pelo Instituto para a Emergência Infantil, na pessoa da Sr.ª Dr.ª Maria Barroso, em 10 de Novembro de 2002, a condição de Unidade de Emergência Infantil.

 

Através de uma candidatura no âmbito do III Quadro Comunitário de Apoio – POEFDS, em 2006, foi dado início à construção de raiz de umas novas instalações, num terreno situado no lugar da Salgueira, Assilhó, Albergaria-a-Velha, que tinha sido doado por um particular à Instituição. Foi uma obra executada em 12 meses, que obrigou a um grande esforço financeiro da Instituição, para além do envolvimento de todos os seus membros.

 

Com a conclusão do edifício, em Janeiro de 2008, os serviços começaram a ser transferidos para as novas instalações por as mesmas reunirem, para as crianças acolhidas, melhores condições habitacionais e de integração com o meio envolvente.

 

Em 05 de Dezembro de 2008, é homologado um novo Acordo Atípico de Cooperação com vista ao acolhimento de 20 crianças com idade compreendida entre os 0 e 10 anos de idade. O referido acordo veio substituir o já celebrado no ano de 2000 e cessar o Protocolo existente para acolher 2 crianças em situação de Emergência Infantil.


  • Sede

    Associação Humanitária Mão Amiga

    Av. Bernardino Máximo de Albuquerque, N.º35

    3850-017 Albergaria-a-Velha

     

    Telefone: 234 525 545

    Fax: 234 523 381

    ahma_ipss@sapo.pt

  • Amigo


  • Nossos Parceiros

    • ARSC
    • Associacao-Integrar
    • Associacao-Solidariedade-Social-D. Pedro-V
    • Banco-Alimentar contra-a-fome-ALTERAR
    • CDSS-Aveiro
    • CPCJ
    • De-Borla
    • Direcao-Geral Reinsercao-Social
    • EAPN
    • Escola-Profissional-Aveiro
    • Escola-Superior-enfermagem-Coimbra
    • Faculdade-Psicologia-Universidade-Coimbra
    • Freguesia-Albergaria
    • Grupo-Jeronimo-Martins
    • IEFP
    • IPSS
    • Municipio-Albergaria
    • Universidade-de-Aveiro
    • Refugio-Aboin-Ascensao